Transfromando a deficiência em eficiência esportiva. “


Rodrigo Feola Mandetta nasceu com uma deficiência visual rara chamada
” Nervo óptico pálido ” e apresentou baixa visão com impossibilidade de cura ou correção. O esporte faz parte do seu DNA, porque seu avô Vicente Ítalo Feola foi o primeiro Técnico Campeão Mundial de 1958 dirigindo a seleção Brasileira de Futebol, e desde pequeno o admirava, mas não foi o futebol o esporte escolhido pelo neto Rodrigo Feola.



” Poderia também ter investido no futebol apesar da deficiência. “

O instrumento de superação e compensação da sua deficiência foi o esporte que proporcionam superação. Há 25 anos, vêm colecionado títulos pelo Brasil e pelo Mundo.


No inicio da sua carreira de 1994 a 2006 competia com atletas sem deficiência e logo trouxe resultados surpreendentes nas provas de Duathlon terrestre (corre/pedala/corre) em São Paulo. Rodrigo Feola e Núbio de Almeida criaram em 2003 a categoria Deficiente Visual no calendário Troféu Brasil de Triathlon, Campeonato anual que hoje se encontra na 29a edição.

Equipe Instituto Mara Gabrilli

Em 2006 foi convidado a integrar na seleção Brasileira de paraciclismo consagrando se Penta Campeão Brasileiro de ciclismo de estrada, Tetra Campeão Brasileiro de ciclismo de Contra Relógio e melhor resultados em provas sulamericanas para deficientes visuais.

Atualmente, o atleta integra a equipe de Ciclismo de São José dos Campos, defendendo, promovendo e divulgando a modalidade.

Seu treinamento é realizado na Academia Cia Athletica – Unidade Shopping Morumbi em São Paulo, no Centro de Treinamento Paralimpico Brasileiro e nas imediações onde reside. Feola é estudante de Educação Física Bacharelado com previsão de término em 2019 pela Universidade Estácio – São Paulo também fazendo parte do Time Estacio.

The acesses to sucess is thru your mind! “

by Jack Nelson Swin Camp.

Posted by Acessoria ACE.